Filmes e Séries

3 Lições de Neuropsicologia do filme “Brilho Eterno de Uma Mente sem Lembranças”

1) O filme retrata a vida de um casal que optou por se submeter aos serviços que uma empresa que apaga as memórias indesejadas dos pacientes (geralmente associadas a relacionamentos amorosos mal sucedidos), mediante um processo de mapeamento das lembranças que estejam, de alguma maneira, ligadas à pessoa amada.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
2) Podemos perceber a tentativa frustrada dos personagens ao tentarem controlar artificialmente o armazenamento de suas memórias, como se o psiquismo possuísse os mesmos mecanismos de um disco rígido de um computador. O processo de esquecimento é algo natural e certas memórias são difíceis de eliminar, justamente por estarem associadas a algum sentimento. A neurociência já comprovou a importância da afetividade no processo de aprendizagem.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
3) A maior parte do filme ocorre dentro da memória de Joel que, ao perceber o quanto as suas lembranças eram valiosas (ainda que lhe causassem sofrimento) inicia uma luta contra os técnicos da empresa que estão tentando apagá-las. Ele procura por um lugar, dentro de sua memória, que seja inacessível à tecnologia da empresa. Essa jornada pela sua memória é também um processo de autoconhecimento e de amadurecimento emocional. Acompanhá-la é uma experiência cinematográfica provocante e prazerosa.

Voltar